Em Canoas, Guarda Municipal passa a portar armas letais
Deixe Seu Voto

A Guarda Municipal da cidade de Canoas agora conta com porte de armas de fogo. Os agentes começaram a receber na última segunda-feira (26) as 67 pistolas modelos Taurus PT 838.

Este armamento foi comprado para que os profissionais da segurança iniciem a trabalhar armados.

Para que se tornassem aptos para trabalhar com esse tipo de equipamento, os guardas passaram por um Curso de Formação em Armamento e Tiro, realizado na Academia da Polícia Civil.

Ao todo, os profissionais estudaram e praticaram por 140 horas nas atividades necessárias e exigidas pelas leis vigentes.

Foram 100 horas de aulas de tiro e 40 horas envolvendo as técnicas em operações policiais.

Na última semana, eles receberam um reforço no treinamento já proposto, além da revisão das instruções aprendidas.

A autorização para que os guardas municipais passassem a usar armas de fogo partiu de um convênio assinado no final do ano passado.

A prefeitura de Canoas e a Polícia Federal foram as partes envolvidas no acordo que busca proporcionar maior segurança aos canoenses.

O documento permite que os guardas que passaram pela capacitação utilizem as armas de fogo em serviço.

De acordo com o Secretário de Segurança Pública de Canoas, Ranolfo Vieira Júnior, os agentes estarão nas ruas, atuando junto com as demais forças de segurança que já atuam na cidade, trabalhando para reduzir ainda mais a criminalidade.

Canoas investe pesado na segurança pública

Após anunciar uma economia de R$ 3 milhões de reais somente no ano de 2017, a prefeitura de Canoas agora investe o dinheiro em caixa para reduzir os números da criminalidade.

Recentemente, a equipe do prefeito Luiz Carlos Busato fechou a compra e 45 viaturas policiais para integrar a equipe de segurança.

A ação foi comemorada pelos setores públicos e recebeu, inclusive, elogios da senadora Ana Amélia (PP), que tratou a aquisição como um exemplo para o Rio Grande do Sul e para todo o país.