Em Canoas, suspeitos de participação de latrocínio são presos
Deixe Seu Voto

A polícia de Canoas segue na batalha diária contra o crime e em uma ação da 12ª delegacia de Polícia resultou na prisão de dois homens, de 23 e 25 anos.

A ação foi registrada na última terça-feira (27), no bairro Mathias Velho, Canoas. As prisões aconteceram após o cumprimento de três mandados de prisão temporária ser emitido.

Também foram feitas seis ações de busca e apreensão. De acordo com o delegado Cléber dos Santos Lima, responsável pela delegacia, os dois são suspeitos de participarem do latrocínio do policial civil aposentado Elton Martins Bangel.

O aposentado tinha 52 anos e perdeu a vida no dia 27 de janeiro, na zona norte de Porto Alegre.

Até hoje, cinco pessoas foram presas por suspeita de participação neste crime. Outros três foram pegos nas últimas semanas neste mesmo bairro. A Polícia Civil continua a investigar o acontecimento.

Polícia Civil prende integrante de associação criminosa

A Defrec desencadeou uma ação que resultou na prisão de um homem na última segunda-feira (26).

Ele é integrante de uma associação criminosa, além de autor de roubos de veículos ocorridos na cidade de Canoas.

Ele já possui antecedentes  por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo.

De acordo com o delegado, o preso faz parte de um grupo criminoso que operava em Canoas e na Região Metropolitana. Outros três membros deste bando foram presos ano passado.

Foragido é preso em Canoas após fornecer nome falso à policiais

A Polícia Civil de Canos prendeu um  homem que estava foragido por furto. A ação foi desencadeada após o homem ter sido levado ao Pronto Socorro de Canoas e a polícia ser alertada do fato.

Foragido do sistema prisional desde dezembro do ano passado, o criminoso de 45 forneceu um nome falso aos policiais na hora da abordagem. Mesmo assim foi contatado que ela era de fato o fugitivo.