O Jornal de Canoas é um portal de notícias da cidade de Canoas, com as melhores notícias do Brasil e Mundo,confira os últimos acontecimentos, fique por dentro de tudo! acesse www.jornaldecanoas.com

No RS, vacinação contra a febre amarela será ampliada

A vacinação será ampliada no Rio Grande do Sul, a febre amarela tem sido preocupação para boa parte da população.

No RS, vacinação contra a febre amarela será ampliada
Deixe Seu Voto

Em momento de atenção em todo o Brasil, a vacinação contra a febre amarela é uma verdadeira necessidade e o Rio Grande do Sul já resolveu ampliar o alcance da vacinação no estado.

A Secretaria da Saúde está recomendando a vacinação em quesito de prioridade contra a febre amarela para a população de 34 cidades que ficam localizados no litoral, estes não faziam parte da área de imunização e controle deste problema em específico da saúde pública.

Essa medida da Secretaria mostra que a vacinação está sendo ampliada para todos os municípios gaúchos, livrando o Rio Grande do Sul das chances de sofrer de um surto de febre amarela, o que vem acontecendo no Rio de Janeiro, São Paulo, Espirito Santo, Minas Gerais e Bahia.

Segundo o responsável pela Secretaria da Saúde, João Gabbardo dos Reis, a cobertura da vacinação no estado já atinge 70% dos cidadãos que ali moram.

“Quem ainda não se vacinou pode procurar a unidade de saúde mais próxima da sua residência, de forma tranquila e sem pânico”, afirma o secretário, que ainda afirmou que “para as pessoas que estão planejando viajar para os estados com surto da doença, a orientação é fazer a vacina dez dias antes da viagem”. Detalhes como este poderão salvar a vida de um paciente.

Em SP, duas mortes por febre amarela foram confirmadas

O governo de São Paulo confirmou as duas primeiras mortes pela febre amarela na região metropolitana. Além dos paulistanos, os baianos e cariocas também adotarão a dose fracionada da vacina.

Ainda sobre o assunto, o Secretário Gabbardo informa que não existe necessidade de dose de reforço para quem já está imunizado. As gestantes, os idosos e quem é imunodeprimido deverá procurar o médico para saber os riscos e benefícios da imunização.

A vacina contra a temida febre amarela faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e já está disponível nas Unidades Básicas de Saúde.

A febre amarela é causada por um vírus transmitido por mosquitos e os primeiros sintomas são muito inespecíficos. O paciente apresenta febre, calafrios e dor de cabeça. Dores nas costas, musculares e vários outros sintomas que podem ser confundidos com outras doenças.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.