O Jornal de Canoas é um portal de notícias da cidade de Canoas, com as melhores notícias do Brasil e Mundo,confira os últimos acontecimentos, fique por dentro de tudo! acesse www.jornaldecanoas.com

Perseguição policial em Porto Alegre acaba com prisão em Canoas

A perseguição policial começou em Porto Alegre e só terminou quando os bandidos sofreram um acidente em Canoas, um menor estava incluso no bando.

Perseguição policial em Porto Alegre acaba com prisão em Canoas
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

O roubo de um veículo do modelo Chevrolet Prisma, iniciado em Porto Alegre, terminou com a prisão de dois homens e apreensão de um menor infrator na madrugada desta quinta-feira (11) em Canoas, região Metropolitana da cidade.

Policiais do 9º batalhão da Polícia Militar foram avisados por testemunhas de que um automóvel havia sido roubado na avenida Farrapos, próximo com a Visconde do Rio Branco na capital do Rio Grande do Sul.

Alguns minutos após receberem a comunicação do roubo, o carro passou pela viatura dos policiais militares em alta velocidade e então, iniciou-se uma perseguição. Os suspeitos só foram pegos na rua Sezefredo, no bairro Marechal Rondon, em Canoas.

O motorista do carro roubado perdeu o controle e colidiu com uma árvore. Foi encontrado no veículo um revólver calibre 38 com a numeração raspada e um simulacro de arma de fogo.

Em 2017, a segurança em Canoas melhorou

Foi registrado em 2017 uma redução na violência em canoas. Foram 115 homicídios no ano, ante 133 em 2015. As autoridades comemoram os números menores, mas aguardam conseguir um resultado ainda melhor.

A Polícia Civil de Canoas trabalha atualmente com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa e o sucesso foi resultado excelente serviço prestado.

Além de tudo, 313 inquéritos foram remetidos a justiça e 202 foram elucidados. Esse resultado foi conquistado mesmo com atraso de salários, greves dos responsáveis e efetivo abaixo do esperado.

95% das mortes em Canoas tiveram relação em 2017 com o tráfico de drogas. A guerra entre as maiores facções criminosas instaladas na cidade geraram os números. Porém, esse tipo de crise é real em boa parte do Brasil.

Houve inclusive, uma terrível chacina no último mês de abril, pior caso de violência da cidade no ano, quando quatro pessoas foram assassinadas. Os autores do crime, de acordo com a polícia, já foram identificados e estão presos, ou foragidos da justiça.

 

Sendo maior problema para a segurança em Canoas, o tráfico está sendo reprimido pela polícia, que fez diversas operações no último ano.

Entre elas, a Operação Destino prendeu 25 traficantes que vendiam os entorpecentes próximo a escolas no município. O principal fim das operações é acabar com as “bocas de fumo”, destruindo os patrões do tráfico.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.