Vírus da febre amarela é detectado no mosquito Aedes Albopictus
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Pela primeira vez pesquisadores detectaram a presença do vírus da febre amarela e mosquitos da espécie Aedes Albopictus coletados em Minas Gerais, esses insetos podem ser encontrados em florestas e também de zonas rural e urbana.

As amostras do mosquito foram coletados na zona rural do Estado de Minas Gerais, em duas cidades onde foram registrados casos de febre amarela no ano passado. A pesquisa é uma parceria entre os institutos Evandro Chagas, do Pará, e Oswaldo Cruz, do Rio de Janeiro. O Aedes Albopictus pode ser encontrado em quase todo o país. No meio rural nas florestas e nas cidades. A descoberta do vírus nesse mosquito serve de alerta. Agora, serão necessários novos estudos para confirmar se ele é capaz de transmitir o vírus da febre amarela.

Mais mosquitos serão coletados os resultados, devem sair em 2 meses. Já se sabe, que o vírus não tem grande capacidade de desenvolvimento no organismo do Albopictus, como acontece nas outras duas espécies de mosquito responsáveis pela transmissão da doença em áreas de matas.

Casos urbanos da febre amarela não são registrados no Brasil a 76 anos. O Ministério da Saúde atualizou o número de vítimas da febre amarela, já são 464 casos confirmados desde 1º de julho do ano passado, 154 pessoas morreram por causa da doença na capital paulista foram confirmados mais cinco casos da doença com três mortes.